Doctor Foster

doctorfoster

Em uma das minhas buscas longas pelo Netflix, resolvo dar uma chance para essa série, pensei , deve ser mais um drama daqueles tipo Revenge (amo essa série) e não é que fiquei viciada nessa série, terminei ela em quase duas semanas.

A série é sobre uma família quase perfeita que vive na Inglaterra,  casados há 15 anos Gemma Foster(médica) com o empresário Simon, tudo vai perfeitamente bem só que um dia Gemma descobre que está sendo traída com uma mulher bem mais jovem do que ela, filha de um casal amigo,  até aí mais uma história cliche SQN, Gemma começa a investigar afundo todos os fatos desde o começo da traição de Simon, descobre a traição dos amigos, a partir daí ela vira uma tipica mulher traída que resolve dar o troco em todos que fizeram parte dessa traição.

Ok a série não é para aquelas mulheres traídas se sentirem bem, muito pelo contrário, em alguns momentos cheguei a ficar com muita raiva do marido dela me questionando what the hell o cara faz isso ?  essa é uma das séries em que você acaba simpatizando pelo sofrimento da protagonista e se colocando no lugar dela, até porque a Gemma não grita, não faz escândalos, e não perde a classe de jeito nenhum, quem dera todas as mulheres fosse assim rs. Preparem-se para sentir muita raiva, chorar e arrancar todos os cabelos, com essa série dramática.

Anúncios

Depressão não é frescura

Depressão

Fico olhando essa imagem e chego a conclusão de que ela consegue demonstrar um pouco de como é se sentir deprimido, pode parecer meio difícil de entender mas é como se você estivesse sozinho o tempo todo, preso a uma vida sem cor e sem graça.

Já tive o desprazer de escutar uma vez que depressão é frescura, fiquei abismada quando escutei isso de um chefe meu, se ele soubesse o quanto isso é sério acredito que jamais teria falado ou pensado isso. No inicio de 2016 passei por eventos traumáticos devido a violência que anda nosso Brasil,  com um plus de trabalhar em um lugar que exigia além do que eu poderia oferecer, as constantes ameaças de perder o emprego e a falta de apoio das pessoas ao meu redor acabaram contribuindo para crises de ansiedade, não desejo a ninguém viver o dia inteiro com o coração acelerado, aquela sensação horrível de que vai te acontecer algo a qualquer momento, noites mal dormidas porque você está sempre cansado,  o tempo todo naquela tensão, choros constantes em qualquer lugar.

Resultado disso tudo? eu ficava doente o tempo todo por coisas minimas, de tanta tensão e estresse que eu passava, meu rendimento no trabalho caiu em 80%, faculdade indo ralo abaixo,  acabei chegando ao meu limite quando meu chefe na época me disse que jamais conseguiria um outro emprego tão bom quanto aquele, sem contar as constantes ameaças por msg, teve dias em que me tranquei no banheiro e só conseguia chorar silenciosamente em desespero, o sentimento era de que aquilo nunca iria acabar. Tive 2 opções ou aquela situação acabaria comigo ou eu acabava com aquilo de uma vez por todas. Optei pela 2º opção resolvi colocar um fim naquela situação,  o medo a insegurança mais uma vez me acompanhavam, não consegui sair de imediato do emprego, mas consegui mudar de gestão, sabia que isso me ajudaria por um tempinho mas não cortaria o mal pela raiz totalmente.

Após um tempo consegui finalmente sair definitivamente do meu trabalho como planejado e juro foi a melhor sensação de sentir que estava livre daquilo que me fazia muito mal, o medo e a insegurança do que enfrentaria lá fora me assustava, mas pior do que estava não poderia ficar, digo no meu caso foram diversas situações que foram acumulando de um jeito que acabou virando uma bola de neve. E uma coisa eu posso te dar a seguinte certeza é de que tudo muda constantemente, seja lá o que você está passando, para tudo tem um jeito , não se entregue a um fator externo ou interno, faça disso uma motivação na vida somos constantemente cobrados em algum aspecto da nossa vida,  no meu caso eu escolhi superar isso e você? comenta aí gostaria de saber que não estou sozinha nessa jornada.

Por aí….

FOTOS

Tem dias que você simplesmente não quer fazer nada complicado ou trabalhoso, em meio a toda essa rotina, saí por ai para resolver algumas coisas.

  • Sábado aproveitei para ir ao salão, depois almocei esse lanche maravilhoso vegetariano e tirei o resto do dia para ler.
  • Domingo acordei cedo e fui a uma reunião do budismo, foi muito boa, estava precisando encontrar pessoas com energia boa depois estudei um pouco de inglês e no final da noite me obriguei a correr 4 km, ufa consegui com muito sacrifício.
  • Segunda aproveitei para ir ao Poupa tempo para renovar a habilitação, ficamos largados no sofá a tarde toda assistindo TV, depois fui obrigada a correr mais 4 km no final da noite, ufa e finalmente jantamos um missoshiro com macarrão by me, ficou muito bom.
  • Terça acordei cedo,  meu namorado ligou a TV pela manhã e nos deparamos com a triste noticia do prédio que havia desabado aquilo partiu meu coração em dois, ver o desespero daquelas pessoas, após o almoço resolvemos correr para não perder o ritmo da corrida, estamos indo bem, após resolver os meus afazeres domésticos, estudei um pouco de inglês fiz uma pipoquinha para caçar alguma série boa, aproveitei esses dias para relaxar um pouco e me desligar da rotina frenética do dia a dia.

Trago apenas verdades…

 

DSC_0706

Volta e meia me pego pensando no passado e chego a conclusão de que a vida não tem um manual a ser seguido cronologicamente, que está bem longe de ser o que imaginávamos, me lembro claramente quando o meu pai me perguntava sobre o que eu esperava do futuro.  Eu costumava dizer decididamente, que aos 18 viajaria o mundo, moraria sozinha, aproveitaria a vida com os amigos, estudaria  muito, teria um emprego bom, seria independente financeiramente.

Só que esqueceram de contar que na vida não ocorre exatamente do jeito que planejamos, acabei perdendo meu pai, não viajei o mundo ainda, não moro sozinha, tenho certa independência financeira em partes e abri mão do meu emprego recentemente para ir atrás de um objetivo maior. Cansei de me cobrar e fazer comparações com a vida alheia, tá tudo bem o meu tempo não é o mesmo das outras pessoas, não ser sucedido aos 26 anos não é sinônimo de fracasso (digo ter um carro do ano, apartamento, ser CEO e etc). As vezes desejamos tanto conquistar nossos tão sonhados objetivos,  que acabamos nos descuidando de nos mesmos, a vida acaba cobrando sem dó.

Me esforcei tanto para alcançar os objetivos que dormia apenas 5 horas por dia, trabalhando 10 horas, faculdade, má alimentação, sedentarismo, fui ignorando os pequenos sinais  que o meu corpo e mente estavam me dando não deu outra,  o resultado disso tudo não poderia ter sido pior, inicio de depressão , imunidade baixa( ficava doente o tempo todo), o estresse virou meu melhor amigo, sem contar a crise de ansiedade que me acompanhava o tempo todo.Então resolvi criar coragem e  larguei o que me fazia mal e fui atrás do que me fazia  bem, não é fácil tomar certas decisões, mas também não seria justo comigo mesma permanecer assim.

É isso a vida não tem um roteiro a se seguir, a cada dia acordamos diferentes, não desperdice energia se comparando, se cobre menos, faça coisas que realmente te deixam feliz, os outros? são só os outros, não se preocupe tanto, procure levar a vida com leveza que tudo irá fluir de forma tranquila, sem pressa afinal os melhores momentos estão no agora, não espere o futuro para ser feliz. Precisei passar por tudo isso para entender que a felicidade não está lá na frente e sim no momento do agora em coisas simples como aprender algo novo, ler um bom livro , não tem uma receita certa apenas faça algo que te deixe feliz, o resto virá com o tempo certo.

 

 

Sobre ajudar o próximo

4940958088_dab7718ba1_q (1)

Quem nunca conheceu ou conhece alguém com aspectos de uma pessoa negativa.

Digo no sentido de sempre estarem sempre para baixo e reclamando( talvez elas nem percebam que são assim).  Já ouvi muito comentário de que devemos nos afastar de pessoas assim, mas há uma diferença entre invejosos x pessimistas, sim há uma diferença nem sempre aquela pessoa que está para baixo está passando por uma fase boa.

Eu mesma tenho uma amizade em que a pessoa tinha uma auto-estima super baixa e não acreditava no potencial que tinha, o conselho que ouvi de algumas pessoas é de que eu me afastasse dela, e sabem o que fiz? permaneci ao lado dela incentivando, apoiando quando era necessário, poderia pensar ah isso não é problema meu, mas o mundo lá fora já está cheio de pessoas egoístas que só pensam em si mesmo. Por que não ajuda-la? Todo mundo tem direito a uma chance seja qual for,  no caso dela percebi que ela estava em uma fase difícil mas que ela tinha um bom coração e apenas precisava de um tempo para ficar bem.

É claro que assim como existem pessoas boas, também existem pessoas ruins, que simplesmente falam as coisas para nos magoar, dessas sim devemos nos afastar. Mas a grande lição que acabei tirando ao longo da vida é de que não sabemos o momento que o outro está passando, e que se conseguimos ajudar mesmo que seja o minimo por que não ajudar? Tem muita gente sozinha por ai passando por uma barra difícil, seja gentil com os outros sem esperar nada em troca. A impressão que tenho as vezes é de que tá todo mundo muito ocupado com si próprio e pouco se importando com o outro, não estou falando para todo mundo virar uma instituição de caridade, poxa apenas se importar um pouco mais com quem está a sua volta, são pequenas coisas que fazem a diferença na sua vida e na do próximo, pense bem antes de virar as costas para o mundo, um dia pode  ser eu, você ou qualquer um precisando de ajuda.

 

Amizade com prazo de validade

6.0-thumb-800x500-143748

Um dos assuntos que tenho refletido muito são sobre as amizades que deixamos para trás,  volta e meia o facebook me manda notificações de lembranças de posts antigos.

Fico pensando em como as coisas mudam e não nos damos conta, quantas vezes deixamos para fazer aquela ligação para depois e o depois nunca chega, digo isso por mim que sempre penso em dar uma ligadinha para aquele amigo que não falo há tempos e no final do dia acabo esquecendo, não por desleixo e sim pela correria do dia a dia.

Com o passar dos anos os contatos ficam cada vez menos frequentes, os assuntos ficam cada vez mais escassos, a gente vai mudando e nem percebe, até que um belo dia você resolve encontrar aquele amigo sumido e aí começam as mudanças notáveis, vocês já não compartilham os mesmos gostos, nada em comum para conversar e aquele silêncio desagradável no ambiente, super chato mas acontece com maior frequência do que imaginamos, por experiência própria tive amizades em que fiquei quase um ano sem se encontrar e quando encontrei o resultado foi catastrófico, nossos objetivos eram completamente diferentes com os de antigamente, faz parte dos caminhos que escolhemos, mas isso não significa que deixamos de gostar da pessoa, muito pelo contrário, acredito que cada pessoa que passa na nossa vida nos deixa uma lição valiosa e contribui para nosso crescimento pessoal.

Simplesmente não dá para voltar no tempo e ser quem costumávamos ser no passado, mas podemos pensar que cada pessoa foi importante em determinada época da nossa vida, e  que os momentos em que passamos juntos foram incríveis, cada pessoa que passou na minha vida foi única, as vezes sinto uma vontade enorme de ligar e bater aqueles papos bem longos, mas aí volto a realidade e percebo que nada seria como antes,  já não sou como antes e você também, assim chego à conclusão de que algumas amizades tem prazo de validade, não no sentido ruim, mas simplesmente acontece.

Enjoei vale a pena?

enjoei-2

Primeiramente o intuito desse post, não é falar mal ou fazer propaganda do enjoei mas sim contar minha experiência com o aplicativo. O propósito do enjoei é vender objetos, roupas e afins que estão em bom estado e que você não utiliza mais, é bem simples de utilizar o app, você posta os objetos e os vende, o único ponto ruim é de que cobram uma taxa de 20% + 2,15 por venda em cima do produto vendido, por isso é importante colocar um precinho ok, mas pera lá nada de exagerar nos preços, afinal nos estamos desapegando de coisas usadas: Vamos lá alguns pontos importantes para conseguir boas vendas no enjoei:

1 Separe roupas, objetos em bom estado

Não adianta você querer vender, roupas rasgadas , sapatos velhos, no geral coisas em em péssimas condições, tenha em mente que você não gostaria de comprar esses itens em má conservação.

2 Tire boas fotos

Já ouviu falar que a propaganda é a alma do negócio? pois é essa frase é verdadeira, procure sempre tirar fotos em ambientes iluminados, jamais poste a foto da roupa amassada, isso causa uma má impressão, não precisa ser foto de profissional, basta um fundo neutro e uma boa iluminação e já está de bom tamanho.

3 Descrição do produto e valores

Procure sempre informar o tamanho, a numeração, o motivo pelo qual você está se desfazendo do produto, sempre me perguntam as medidas por isso acho importante especificar cada detalhe, ah e os valores devem ser atrativos, nada de colocar o preço nas alturas, já vi muita gente reclamando sobre lojinhas que cobram valores exorbitantes.

4 Procure dar atenção aos possíveis compradores

Seja simpático com os consumidores, responda sempre as perguntas, pessoas costumam perguntar antes de efetuar a compra, nada mais desagradável do que ficar sem respostas, dá uma impressão de que você não se importa com o produto que está vendendo e não leva a sério.

5 Preste atenção ao prazos de postagem

Ao efetuar a venda do produto o enjoei dá um prazo de até 3 dias para postar os produtos vendidos,  poste antes dos 3 dias, isso aumentará a sua reputação no aplicativo e conquistará clientes fiéis, não há nada pior do que ficar ansioso com a espera do produto que não chega, procure sempre enviar ao comprador o comprovante de postagem, caso aconteça algum problema de extravio, no meu caso não tive problemas com postagem de nenhum produto, apenas por prevenção mando os comprovantes.

6 Por fim vale a pena ou não?

No meu caso me rendeu uma graninha extra, acredito que valeu  a pena sim,  como eu já tinha vários objetos e roupas encostados no armário, consegui obter uma graninha extra , já ouvi historias sobre pessoas que estão desempregadas e usam o app como uma fonte de renda extra, vai da necessidade de cada um.